Category Archives: Notícias

Banner_ecossistemica-pratica

As crianças que aprendem de tudo

Cada vez mais o mundo exige dos adultos, conhecimentos e capacidades que ultrapassam a capacidade do ensino convencional. Confira o trabalho transdisciplinar da Escola Pireneus, em Pirenópolis, Goiás, que busca fornecer um melhor preparo para as crianças.

Em uma época que o Google já traz todas as informações, os professores precisam ir além do conteúdo para conquistar a atenção de seus alunos. Por isso, na Escola Pireneus, o protagonismo das crianças é incentivado. As curiosidades e informações que cada um traz de casa, integra-se ao cotidiano pedagógico da Escola, que também inclui atividades práticas.

“É um aprendizado significativo, onde em cada trimestre trabalhamos grandes temas com os alunos, que fornecem aulas normais em sala, mas também os levam à aplicação dos conhecimentos adquiridos, seja em uma apresentação ao público, seja no trabalho de uma horta, ou na fiscalização e compreensão dos processos da comunidade”, diz a coordenadora pedagógica da Pireneus, Darlane Pina.

Uma receita de um chá medicinal gera lições de matemática, história, gramática e biologia. Uma aula de geografia e história, leva os alunos a fiscalizar o lixão da cidade e os trabalhos realizados na área de habitação, pelo município. As tarefas viram um processo investigativo, que até incluem a participação dos pais.

Tudo é ampliado, através da metodologia empregada.

PEDAGOGIA ECOSSISTÊMICA

“O conhecimento não está só no livro, ele está em tudo”, explica a pedagoga Fátima Limaverde, criadora desta Pedagogia. “No passado, trabalhamos com livros fragmentados em nossa escola, mas as crianças não entendiam para que aprender aquilo tudo. Era estressante para os pais, professores e aos próprios alunos. Então passamos a pensar de forma transdisciplinar, onde tudo está conectado com o todo e a curiosidade é o que impulsiona a busca pelo conhecimento”.

Esta metodologia serve como guia a todo corpo docente. E como seria bom se mais pessoas a conhecessem!

Por isso, em julho de 2017, a Escola Pireneus, em parceria com a Escola Vila, de Fátima Limaverde, realizou no Ecocentro IPEC (Instituto de Permacultura e Ecovilas do Cerrado), a 1º Formação em Pedagogia Ecossistêmica, que contou com a participações de 60 profissionais da área de educação de diversos estados do Brasil, professoras das escolas públicas do município, bem como Professores das universidades estaduais e federais de Goiás. O evento foi divulgado também pela Secretaria de Educação de Pirenópolis.

A imersão durou 3 dias e teve o objetivo de aprimorar o conhecimento das professoras da Escola Pireneus, bem como fomentar um amplo debate sobre os rumos da educação na região de Pirenópolis, além de outros profissionais e acadêmicos da área.

Visite a Escola Pireneus e confira você mesmo esta qualidade inovadora! O lugar em si já é bastante diferente, com uma arquitetura vernacular, combinada com o reuso de materiais descartados pelo município (garrafas de vidro, restos de pedras, entre outros), espaços de plantio, laboratório de tecnologia e quadra esportiva.

“Estamos de portas sempre abertas, para tomar um café e conhecer nosso espaço, ou também para obter maiores informações sobre o trabalho”, convida a diretora da Escola Pireneus, Ludmila Bata.

Basta agendar antecipadamente, através do e-mail ou telefone.

SERVIÇO

Escola Pireneus
Rua R. Minas Gerais, 7, Vila Estrela Dalva, Pirenópolis (GO)
Horário de funcionamento: 07:00 – 13:00
Telefone: (62) 3331-3579

Banner_matriculas2018

Escola Pireneus está com matrículas abertas para 2018

Para a Educação Infantil, oferecemos um ensino inovador, conectado às tradições.

O material pedagógico seguido pela Escola Pireneus é o da Pedagogia Ecossistêmica, uma metodologia que incentiva o protagonismo da criança no aprendizado, mas também inclui a família nesse processo, seja ajudando na lição de casa, seja fornecendo dados sobre os antepassados e as culturas vigentes.

“O conhecimento está em tudo, não está só no livro”, afirma Fátima Limaverde, criadora da Pedagogia Ecossistêmica. Por isso, todo conhecimento é interconectado. Matemática, geografia, química, português, biologia, física, artes, tudo se mistura no mundo que a criança vive. Por isso, esta é uma educação significativa, promovendo uma troca de saberes entre os livros, as pessoas ao redor e os experimentos das crianças.

Veja no vídeo abaixo como foi a 1º Formação em Pedagogia Ecossistêmica, realizada pela Escola Pireneus, no Ecocentro IPEC (Instituto de Permacultura e Ecovilas do Cerrado).

Venha conhecer a nossa escola e compreender melhor a qualidade da Escola Pireneus! Agende um horário pelo telefone 3331-1579.

Banner_img-DESTACADA-POST-2

Estudantes querem debater com autoridades locais

O projeto Vigilantes do Planeta, proposta pelo método pedagógico da Escola Pireneus, proporciona um debate com o governo local.

O debate será realizado no dia 17 de outubro de 2017, no Cine Pireneus (R. Direita, 1-9 – Centro). Autoridades locais como representantes da Prefeitura, ONGs e IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente) foram convidados para o evento. As perguntas foram todas criadas pelos próprios alunos da Pireneus, sendo o que querem cobrar e saber das autoridades de Pirenópolis.

O evento é aberto ao público, com entrada gratuita.

 

Post_Vigilantes-1

PEDAGOGIA ECOSSISTÊMICA
A metodologia de ensino na qual se baseiam os trabalhos da Escola Pireneus é a Pedagogia Ecossistêmica. Criada há mais de 30 anos pela educadora Fátima Limaverde, o trabalho começou no quintal, para entreter as crianças da vizinhança no contra turno escolar. A ideia evoluiu para a criação da Escola Vila, onde foi elaborada a Pedagogia Ecossistêmica. A metodologia trabalha a construção do conhecimento, de forma coletiva, tendo o professor e a família como os guias dos alunos, numa viagem de aprendizados e descobertas.

Matemática, história, biologia, geografia, português, educação física se integram nos 6 projetos que são executados durante o ano letivo. A forma transdisciplinar de transmitir o conhecimento torna todo o processo pedagógico mais agradável e com mais sentido às crianças.

Em casa, as tarefas também ganham uma outra dimensão, onde a curiosidade e a integração dos pais no processo, tornam o conhecimento um jogo que desperta a curiosidade e a busca pelo conhecimento.

Por isso, este debate está inserido no currículo escolar dos alunos, como forma de se desenvolverem enquanto cidadãos atentos às políticas locais e ao que é possível fazer para uma sociedade mais justa e equilibrada. O projeto Vigilantes do Planeta busca exercer exatamente este sentido de atenção a tudo que está ao nosso redor, seja a fauna e a flora, ou o que acontece em nosso bairro, cidade e por aí vai!

 

SERVIÇO

Debate com Autoridades Locais de Pirenópolis
Onde: Cine Pireneus/ R. Direita, 1-9 – Centro
Informe-se na Escola sobre a data e horário do evento.

Banner_img-DESTACADA-POST-1

Curso reuniu educadores do Brasil em Pirenópolis

A Primeira Formação em Pedagogia Ecossistêmica, realizada no Ecocentro IPEC, reuniu educadores e professoras de Pirenópolis e de outras cidades do País. O evento foi realizado pela Escola Pireneus, em parceria com a Escola Vila e um precioso auxílio na divulgação pela Prefeitura do Município, bem como sua Secretaria de Educação. Na abertura, esteve presente a Secretária de Educação de Pirenenópolis, Tereza Caroline Lôbo.

Post_ECOSSISTEMICA-3

No evento, professoras, diretores de escolas e acadêmicos tiveram aulas com Fátima Limaverde, criadora da Pedagogia Ecossistêmica, a Doutora em Educação, Patrícia Limavere e Morena Limaverde, que desenvolve um trabalho de análise da relação dos professores com o material didático da metodologia. A educadora Luciana Guidoux e o arquiteto Tiago Ruprecht deram aula sobre o material Escola Sustentável, de Lucy Legan, bem como uma atividade prática com os participantes. Luciana esteve com Lucy em todo o processo de criação das oficinas propostas no livro, “Criando Habitats nas Escolas Sustentáveis”, bem como coordenou essas oficinas em instituições de Pirenópolis.

Além do conceito da bioconstrução, o reaproveitamento de resíduos urbanos também foi tema de aula com a diretora da Pireneus, Ludmila Bata e o permacultor Tomaz Ahau. O último dia todo foi ocupado com uma aula especial sobre escolas criativas, com a Professora da Universidade Federal de Goiás, Marilza Suanno e o Professor da Universidade Estadual de Goiás, João Henrique Suanno. O casal passou o dia apresentando projetos que mostram que a educação no Brasil não é um problema por ser pública ou privada, bem como há muitas instituições já desenvolvendo formas mais inovadoras de se relacionar com os alunos e serem mais efetivas nos processos pedagógicos.

Post_ECOSSISTEMICA-1 Post_ECOSSISTEMICA-2

Agora a torcida é repetir este produtivo evento em 2018, em busca de sempre evoluir a qualidade da educação em nosso País.

Confira abaixo um vídeo resumo desta experiência única!